Publicado em: quinta-feira, 04/07/2013

Novela Amor à Vida – Amarylis convence Laerte á usar seus óvulos na fertilização

Novela Amor à VidaNa Novela Amor à Vida, depois de tanto tentar, Félix (Mateus Solano) finalmente conseguiu convencer Amarilys (Danielle Winitis) a ter seu próprio filho. A dermatologista toma a decisão de ir atrás do colega Laerte (Pierre Baitelli) ainda no hospital para que possa fazer um sério pedido para ele. Espantado com a difícil decisão tomada por ela de servir como barriga de aluguel para os amigos Niko (Thiago Fragoso) e Eron (Marcello Antony), Laerte começará a perceber o que está se passando e vai dizer que percebeu que este não é um pedido simples e ela vai direto ao assunto dizendo quer que ele utilize seus óvulos na inseminação.

Laerte tentará explicar para a médica que o conselho de medicina determina terminantemente que o óvulo que será utilizado não pode ser o da mulher que servirá como “barriga solidária”. Amarilys vai dizer que, muitas vezes, na profissão, eles precisam fechar os olhos para algumas coisas. Intrigado, Laerte pergunta por que ela quer a mãe dos amigos dela.

Amarilys vai explicar que ainda não teve filhos e que por enquanto não tem um relacionamento estável que gostaria de saber que existe uma criança no mundo que é só dela, mesmo que ninguém jamais saiba disso.

Laerte vai dizer que é impossível que ela consiga guardar esse segredo por muito tempo, mas Amarilys decide bater o pé e ele acabará cedendo, dizendo que sabe o quão honesta ela é que se não fosse jamais faria este tipo de proposta abertamente, afirmando que vai fazer alguns testes com os seus óvulos.

Novela Amor à Vida – Paloma descobre ser filha de uma amante do pai

Na Novela Amor à Vida, a médica Paloma saberá qual é sua verdadeira origem. No início da trama, ela ficou sabendo por Félix que havia sido adotada, mas nunca chegou a conversar com os pais sobre o assunto ou confirmar a informação dada pelo irmão. Depois de avaliar os arquivos do Hospital San Magno, ela vai descobrir que foi registrada como filha de Pilar e César somente depois de completar um ano e meio de idade. Para esclarecer a questão, ela combina um juntar com a família.

Paloma vai direto ao ponto e confronta a mãe Pilar, já afirmando saber que a dermatologista aposentada não é sua mãe de sangue. O pai nega, reclamando com Paloma que ela está ofendendo a mãe dessa forma, mas é Bernarda quem interfere e afirma que já chegou o momento de contar a verdade para a pediatra. A avó revela que a médica é sim filha de César, mas não de Pilar, que ela é filha do cirurgião com outra mulher, apesar de ter sido criada por Pilar. Paloma não entende de primeira, mas logo percebe que é fruto de um caso fora do casamento de seu pai.

César tenta impedir a sogra de continuar falando, mas ela revela toda a situação do nascimento de Paloma, explicando à médica que foi mentido para ela principalmente para preservar César. Pilar também se justifica, afirmando saber que não foi a melhor mãe do mundo e que as duas sempre tiveram suas diferenças, mas ela sempre tentou dar o seu melhor para a filha. Pilar revela ainda que na juventude, sempre quis ter uma filha, mas enfrentou dificuldades.

Mas Pilar também lembra que adotar uma menina nem sempre é fácil e foi justamente neste período que o caso de César foi descoberto pela família. A esposa, mesmo traída, decidiu perdoar o marido e a maior prova disso foi assumir e registrar como sua a filha resultante da traição de César. Paloma, que tem dificuldade em se relacionar com a mãe, passará a vê-la com uma outra postura.