Publicado em: sexta-feira, 17/05/2013

Novato Sensação Marc Márquez tem trajetória parecida com Valentino Rossi na Moto GP

Novato Sensação Marc Márquez tem trajetória parecida com Valentino Rossi na Moto GPEle é um atleta jovem, impetuoso e bastante carismático, e conta com títulos nas duas categorias que dão acesso para o Mundial de Motovelocidade, e necessitou de poucas corridas na sua Honda para que chegasse ao primeiro lugar do pódio e mostrar que conta com um brilhante futuro na elite do motociclismo mundial. O espanhol Marc Márquez de 20 anos é a nova sensação da MotoGP, e conta com muito em comum com o italiano Valentino Rossi, que hoje já é veterano na motovelocidade. Caso mantenha o bom desempenho que apresentou até este momento, o piloto pode ter conquistas maiores nas duas rodas e quem sabe, chegar a superar as marcas do ídolo de 34 anos que tem sete títulos, 49 poles, 79 vitórias e 142 pódios na principal divisão do Mundial.

A diferença entre a idade de Valentino Rossi e Marc Márquez chega a 14 anos que por coincidência é o tempo exato que o Rossi tem de carreira na elite do Mundial. Quando ele estreou no ano de 2000 nas 500cc que era a categoria máxima e depois de dois anos foi substituída pela MotoGP, o italiano também ganhou corridas e chegou a disputar o título. No período, Rossi chegou na categoria com apoio do australiano Michael Doohan, que é outra lenda do esporte e pentacampeão mundial na maior categoria do esporte com duas rodas, e que tinha deixado as pistas um ano antes. No currículo do italiano que ainda era uma promessa, constava títulos nas 125cc e 250cc, categorias que dão acesso para o Mundial.

Márquez é visto como um fenômeno desde a divisão de base e também desembarcou na MotoGP como estrela. As conquistas que teve nas categorias de acesso, 125cc e Moto2, vieram da mesma forma que com Rossi, após a segunda temporada completa em cada uma das categorias.

Ele e Rossi já disputaram posições na primeira prova no Catar. O italiano que hoje está na Yamaha caiu para a sétima posição no começo da prova, e enfrentou o ímpeto do piloto novato. E contou com muito trabalho para que pudesse superá-lo e garantir a segunda posição na vitória do também espanhol Jorge Lorenzo. Durante a segunda etapa, nos Estados Unidos, Márquez chegou outra vez no pódio, porém desta vez foi no lugar mais alto, feito que Rossi só conseguiu na nona participação nas 500cc.