Publicado em: terça-feira, 18/02/2014

Novas tecnologias, velho problema: temperaturas elevadas podem danificar eletrônicos

Novas tecnologias, velho problema: temperaturas elevadas podem danificar eletrônicosNotícias sobre explosões e incêndios em aparelhos celulares da época dos chamados “tijolos” eram comuns, causavam medo e inspirava cuidados aos proprietários. Hábitos como deixar o aparelho a noite toda no carregador, ou dormir com o aparelho debaixo do travesseiro eram seguidamente reprimidos por especialistas na imprensa.

Mas com a vinda dos smart phones, a popularização da internet móvel e sem fio e as novas tecnologias, parece que os velhos perigos desapareceram. Ledo engano. Aparelhos eletrônicos, por mais modernos que sejam, podem apresentar defeitos e causar acidentes graves, especialmente ocasionados por superaquecimento.

Estes equipamentos, que costumam passar horas dentro de bolsos apertados, precisam de ventilação. Os chips superaquecidos, em contato com objetos metálicos, por exemplo, podem gerar faíscas e causar queimaduras ou causar incêndios. Apesar de serem raros os casos, devido às diversas proteções dos novos aparelhos, o mau uso pode não apenas gerar acidentes, como reduzir a vida útil dos aparelhos.

Deixar o celular ligado ao carregador durante a noite também é um costume que precisa ser evitado. Apesar de ser um hábito previsto pelos fabricantes, e os melhores aparelhos contarem com sistemas de segurança, ainda há risco de curtos-circuitos e danos no funcionamento dos aparelhos. As “baterias viciadas” também são evitadas se o aparelho for carregado apenas quando o nível da bateria estiver bastante baixo, e apenas durante o período necessário para completar a carga do aparelho.

Notebook no colo pode causar câncer de pele

Usar notebooks enquanto se assiste televisão no sofá, por exemplo, ou antes de dormir, pode ser perigoso se o aparelho estiver em cima de cobertores, no colo do usuário ou em outro suporte que não permita a ventilação adequada do aparelho. Entre os riscos estão defeitos nas peças internas ou mesmo queimaduras, já que a temperatura dos computadores portáteis pode ultrapassar os 100ºC.

Os problemas a quem usa dessa maneira os notebooks variam de manchas a câncer de pele. A questão da postura também é um fator agravado pelo costume de usar os aparelhos no colo, já que o hábito pode causar dores nas costas e problemas na coluna.