Publicado em: quarta-feira, 24/11/2010

Nova Zelândia confirma morte de 29 mineiros

O governo da Nova Zelândia confirmou na quarta-feira (24) a morte de 29 mineiros após uma explosão de gás ocorrida no local de trabalho, na última sexta-feira.

Os trabalhadores estavam presos em uma mina após ocorrer uma explosão de metano no local. Os mineiros estavam soterrados em uma mina em Piker River, e trabalhavam na extração de carvão, iniciada há poucos meses.

O resgate dos trabalhadores foi dificultado por conta da alta concentração de gás metano no local, fato que também desencadeou uma segunda explosão no local, e responsável pela morte dos 29 trabalhadores.

Por conta do difícil acesso à mina, bem como o alto de teor de metano e monóxido de carbono, ainda não há uma previsão de quando iniciarão os trabalhos de resgate dos corpos. Os 29 mineiros tinham idade entre 17 e 62 anos.