Publicado em: quinta-feira, 26/06/2014

Nova versão da novela “Rebu” não terá casal gay

Nova versão da novela Rebu não terá casal gayNo próximo dia 14, estreia a nova versão da novela da Globo, na trama não existirá casal gay, segundo informações dadas por um dos autores, George Moura. Durante uma conversa a um site de notícias, nessa terça-feira (25), ele contou que a empresária Angela Mahler que será interpretada por Patrícia Pilar, e terá uma intensa relação de amor com a “filha de coração”, Duda, vivida por Sophie Charlotte. Ele explica que ela é viúva e vive com a menina que é filha de coração, adotiva. Mas na realidade, essa questão da sexualidade não entrará para a temática da novela. Ficará a critério do público definir a relação das duas. A versão original da novela, foi ao ar pela primeira vez em 1974, escrita por Bráulio Pedroso “O Rebu” foi exibida pelo Globo e nela, a questão da homossexualidade nunca havia sido abordada antes em uma novela brasileira.

Mulheres

Nessa versão foram os atores Buza Ferraz e Ziembinski no papel de Cauê e Conrad Mahler, que fizeram o casal. Por conta da censura no Brasil, a situação não poderia ser ‘explícita’, então o jovem aparecia como filho adotivo de Conrad Mahler, mesmo que o telespectador tenha entendido que existia algo a mais oculto entre os dois. Nessa nova versão porém, o papel principal será uma mulher (Patrícia Pillar), ao contrário da primeira versão, que era um homem. Também há algumas diferenças em torno da história, adaptada aos dias de hoje, ela será uma viúva que perdeu o marido e os filhos gêmeos em um acidente de helicóptero. De acordo com o autor George Moura, essa mudança do sexo do personagem, aconteceu porque a novela é uma releitura mas precisa se adaptar aos dias atuais, e hoje, a mulher conquistou espaço na sociedade. Ele conta também que a ideia surgiu a partir da vontade de trabalhar o conceito de contemporaneidade da novela. Quem está no poder atualmente são as mulheres, nada melhor do que uma para fazer o papel principal.