Publicado em: terça-feira, 25/03/2014

Nova Helena continua não agradando o público

Nova Helena continua não agradando o públicoA novela Em Família, de Manoel Carlos, estreou há dois meses mas ainda não caiu no gosto popular. Isso vem se refletindo tanto na audiência da exibição, como também na falta de repercussão da novela. A primeira e segunda fase precisaram ser aceleradas para ficarem interessantes, enquanto a terceira, que parece vir seguindo em marcha lenta, tem cada vez mais desagradado o público. A trama é focada na história da protagonista Helena, que agora parece estar apenas cozinhando seu personagem em banho maria. Tudo que a protagonista faz atualmente é sofrer com qualquer chance de aproximação com o primo Laerte, como um fantasma do passado que voltou para assombrá-la.

Ainda que conte com o apoio de personagens secundárias, como outras mulheres fortes em Marina, Shirley, Clara, Juliana e Chica, que apresentam suas próprias histórias mais desenvolvidas e fortes que a do protagonista, o problema de Helena claramente não está na atriz que a interpreta. Julia Lemmertz vem sendo elogiada pelo forma como vem vivendo a angústia de sua personagem, protagonizando diálogos fortes com a filha vivida por Bruna Marquezine e o marido, Humberto Martins. O problema é que para a personagem principal da trama, Helena pouco faz na novela. Somente com outra Helena de Manoel Carlos o público chegou a se mostrar tão apático como agora, quando Taís Araújo foi a Helena de Viver a Vida. Nesta ocasião, Helena facilmente se tornou uma coadjuvante, perdendo qualquer destaque para o drama de Luciana.

Nesta terceira fase da trama, tudo o que Helena faz é reclamar de Laerte e qualquer coisa que tenha relação com ele, além de servir de escada e apoio para outros dramas, como as conversas que tem com a mãe Chica e a irmã Clara, ou o envolvimento com o drama do alcoólatra Felipe. Helena já alertou a filha Luiza tantas vezes sobre Laerte, que o público está pegando antipatia dela.