Publicado em: quinta-feira, 28/07/2011

Nova descoberta desbanca fóssil considerado por 150 anos como a primeira ave do planeta

Fóssil que ocupava o posto por 150 anos de primeira ave da Terra foi remanejado para a classe dos dinossauros. Até então, o Archaeopteryx se classificava como a primeira ave existente, mas agora faz parte da classe Deinonychosauria. O responsável pela modificação nos conhecimentos documentados por todo esse período é o fóssil batizado de Xiaotingia zhengi, encontrado na China. A conclusão foi publicada nessa quarta-feira (27) na revista científica Nature.

De acordo com os cientistas, a mudança na classificação do Archaeopteryx é por o novo fóssil mostrar ser da mesma éspecia, mas foi encontrado em estado de conservação superior, o que permitiu analisar certas características que mudam completamente as suas origens. Segundo a publicação, “o Archaeopteryx tem sido colocado na base da árvore de evolução dos pássaros. Ele tem características que o ajudam a ser definido como um pássaro, como braços longos e robustos (equivalente às asas)”.

Os estudos realizados pelos cientistas mostram que o Archaeopteryx viveu na Terra há cerca de 150 milhões de anos. Em 1861, o seu fóssil foi encontrado na Alemanhae coincidiu com a época de lançamento do livro de Charles Darwin “A origem das espécies”, sendo que o autor publicou sua obra dois anos antes do descobrimento do Archaeopteryx.

Mesmo com essa nova descoberta, a árvore filogenética da qual o Archaeopteryx faz parte já foi reformulada diversas vezes nos últimos 20 anos. Ainda assim, os cientistas que reconhecem que essa é uma área que ainda deve ser considerada obscura com relação ao conhecimento existente sobre aquilo que vem sendo estudado.