Publicado em: quarta-feira, 27/07/2011

Noruega recebe alarme falso de bomba em estação ferroviária

Enquanto a polícia norueguesa mantém detido o autor confesso, Anders Behring Breivik, dos atentados realizados nessa sexta-feira (22) em Oslo, a Noruega ficou em alerta novamente por conta da ameaça de bomba em uma estação ferroviária. O falso alerta foi dado nessa quarta-feira (27) e a estação chegou a ser evacuada, mas a polícia informou que não encontrou nada suspeito. Até o momento, a polícia não sabe se Breivik atuou sozinho ou em conjunto para orquestrar os dois atentados que mataram 76 pessoas.

Após a identificação de Breivik, um homem informou estar vinculado ao terrorista, mas a polícia já desmentiu a relação entre os dois. “Ele não tem qualquer relação com os ataques de sexta. É psicologicamente instável, e só falou o nome de Anders Behring Breivik depois de ouvi-lo na imprensa,” explicou o porta-voz da polícia, Thomas Omholdt. No momento em que a polícia divulgou o nome do então suspeito, a imprensa local conseguiu encontrar seu perfil no Facebook, no qual se descrevia como conservador e cristão.

Durante seu julgamento, após ter sido preso pela polícia no acampamento juvenil onde disparou contra os participantes do Partido Trabalhista, Breivik leu partes do seu manifesto, o qual tem mais de 1.500 páginas.

Após a leitura realizada pelo norueguês, a polícia chegou à conclusão que Breivik estaria planejando mais um ataque para quando fosse liberado pela polícia. Além disso, o terrorista teria produzido um kit de sobrevivência para se manter após ser liberado, com alimentos, armas, munição e dinheiro. O advogado do criminoso informou que seu cliente apresenta sinais de insanidade.