Publicado em: sábado, 10/03/2012

Norton antivírus tem código-fonte divulgado pelo Anonymous

Nesta sexta-feira (9), os hackers ligados ao grupo Anonymous anunciaram um suposto código-fonte do Norton Antivirus, de propriedade da Symantec. O arquivo contendo o código foi publicado no site “The Pirate Bay”, e possui pouco mais de 1GB. De acordo com o grupo, os dados foram furtados no ano de 2006, porém, depois de muitas tentativas para conseguir dinheiro em trocar da devolução, ele foi publicado pela companhia, que não conseguiu lucrar.

No pacote de arquivos divulgados pelo Anonymous, existem informações de diversos produtos, inclusive o de uma versão para clientes e uma edição corporativa. Além disso, de acordo com o relatório feito pela ZDNet, também foram publicados códigos de arquivos para Unix, Windows e NetWare.

Dados vêm com pedido de libertação

Os dados foram publicados junto com um pedido de libertação dos hackers da LulzSec, que foram detidos no início da semana. Cinco integrantes do “alto escalão” do grupo foram pegos pelo FBI e estão presos. Eles estavam sendo investigados por vários meses e, depois de uma indicação de que o suposto líder tinha sido preso, ele for forçado a ajudar nas investigações para reduzir as acusações.

A Symantec já se pronunciou a respeito do roubo, e afirmou que a divulgação destes códigos não afeta, de nenhuma maneira, os seus softwares. A versão mais recente do Norton foi totalmente reconstruída pela companhia e não faz uso de nenhuma parte do código Norton 2006, que foi furtado. Desta forma, a publicação dos hackers não representa qualquer ameaça para os consumidores do antivírus.