Publicado em: quinta-feira, 19/04/2012

Nokia corta custos na tentativa de competir com Apple e Samsung

Em meio a tantas novidades na tecnologia, as empresas estão fazendo o que podem na tentativa de se manterem atrativas no mercado consumidor. Com dispositivos cada vez mais modernos, com mais funções e serviços, as companhias buscam atrair a atenção dos consumidores para seus aparelhos. No entanto, às vezes nem mesmo estas medidas são suficientes para que as empresas se tornem competitivas, e precisam adotar novos meios para que isso aconteça.

Nesta quinta-feira, a Nokia anunciou que pretende fazer mais cortes de custos em seus orçamentos como uma tentativa de competir com as companhias que assumiram a liderança de mercado, Samsung e Apple. A Nokia já se transformou em uma usuária do Windows Phone, desenvolvido pela Microsoft, como uma das medidas para competir com as duas empresas.

Prejuízo

De acordo com informações da Thomson Reuters StarMine, a Nokia, uma das maiores fabricantes de celulares do mundo, obteve um prejuízo 0,08 por ação. A expectativa dos analistas era de que a companhia tivesse uma média de prejuízo de 0,07 euro.

Na semana passada, a companhia já tinha avisado que as suas vendas que envolvem os aparelhos de telefones móveis sofreria pernas nos dois primeiros trimestres de 2012. Isso porque mesmo com a venda dos dispositivos com o Windows Phone instalado não iriam compensar a baixa de vendas dos aparelhos que não vinham equipados com o sistema.