Publicado em: terça-feira, 29/11/2011

No Egito, eleitores vão às urnas no segundo dia de votação

Nesta terça-feira (29), o Egito realiza seu segundo dia de votação da histórica eleição parlamentar. É a primeira desde a queda do ex-presidente e ditador Hosni Mubarak, que ocorreu em fevereiro, após 18 dias de protestos. No primeiro dia de votações (28), eleitores comaprceram em massa, mesmo com as preocupações de segurança. Semana passada, dezenas de pessoas morreram em confrontos entre policiais e manifestantes.

No primeiro dia de votação, a junta militar que atulamente governa o país reconheceu diversas irregularidades e atrasos, causados por problemas na entrega de cédulas e falta de tinta. A consequencia, foi a formação de longas filas em diversos colégios eleitorais. Ainda hoje (29) era possível ver diversas filas em cidades como Cairo e Alexandria.

Esta é a primeira de três etapas da eleição parlamentar, que deve ser concluída em março de 2012. Neste primeiro momento, apenas eleitores e nove, das 27 províncias, estão aptos a votar. “Estou votando pelo bem do país. Quero um novo começo”, afirmou o senhor de 50 anos, Zeinab Saad.

Os eleitores podem escolher entre dois candidatos individuais ou uma coalizão/partido. A expectativa é que a Irmandade Mulçumana tenha um bom desempenho, já que é o maior e mais organizado grupo político do país.