Publicado em: sexta-feira, 29/06/2012

Nintendo não pretende cobrar para jogar games on-line em novo console

O presidente da Nintendo, Satoru Iwata, afirmou para os acionistas da companhia, que não deseja cobrar para que se possam jogar os games da empresa on-line no Wii U. Este é o novo console da Nintendo que deve começar a ser vendido no final deste ano. Segundo informações no site “Adriasang”, o presidente da companhia afirmou que a ideia não está totalmente rejeitada.

De acordo com o presidente, poderia ser criado um serviço pago que unisse vários dispositivos da companhia. No entanto, Iwata afirma que cobrar uma taxa, ou talvez uma mensalidade pelos serviços, não é a melhor forma para que os jogadores tenham acesso aos produtos da Nintendo.

Cobranças

O presidente da Nintendo afirmou que a propaganda “boca a boca” é a melhor maneira de divulgar o Miiverse junto, e isso fazia com as vendas tanto dos games como dos consoles aumentasse. A Microsoft cobra de seus usuários uma taxa para que eles possam disputar as partidas de maneira on-line no console Xbox 360.

A Sony, com o PlayStation 3, no entanto, não cobra de seus usuários nenhuma taxa para jogos pela internet. Porém, possui o serviço PlayStation Plus, no qual os gamers podem comprar uma assinatura e obterem jogos com desconto e até mesmo de graça. O novo console da Nintendo, o Wii U, não possui preços nem data de lançamento oficial.