Publicado em: quarta-feira, 14/09/2011

Níger confirma entrada de um dos filhos de Kadafi em seu território

O governo do Níger confirmou que um dos filhos de Muamar Kadafi, ex-ditador líbio, está há dois dias na capital do país, a cidade de Niamey. De acordo com fontes que não quiseram ser identificadas, Saadi teria chegado por via terrestre, acompanhado por um comboio com cinco veículos, e descreveram a abordagem do filho do ex-ditador como discreta. Saadi teria entrado na capital da Níger na noite desta segunda-feira (12).

Depois da divulgação a respeito de uma possível detenção de Saadi em território nigerino, um representante do Ministério da Justiça do Níger afirmou que “o governo indicou claramente que Saadi Kadafi e os quatro generais que entraram no Níger não estão incluídos no mandato de busca emitido pela Interpol”. Os outros generais já haviam procurado asilo no Níger e agora se encontram sob “a vigilância e a proteção” do país, junto a Saadi. Até o momento, foram contabilizados 32 cidadãos líbios próximos a Kadafi abrigados no Níger.

Quando os comboios foram vistos deixando a Líbia, surgiu o boato de que Kadafi também estaria procurando refúgio no Níger. Porém, logo em seguida o governo do país desmentiu tais especulações. Outro comboio com aliados a Kadafi seguiu em direção a Burkina Faso, destino considerado possível de abrigar o ex-ditador.

O governo do Níger, assim como de outros países vizinhos da Líbia que aceitaram refugiados, defende que aceitaram os familiares e íntimos de Kadafi por “razões humanitárias”. O Níger afirmou que vai contribuir com as determinações do Tribunal Penal Internacional (TPI), que emitiu mandados de prisão contra Kadafi, seu filho Saif al-Islam e contra Abdullah al Senusi, chefe da inteligência militar do regime.