Publicado em: terça-feira, 03/06/2014

Nicole Bahls diz que não é chique ter um corpo sarado

Nicole Bahls diz que não é chique ter um corpo saradoA modelo Nicole Bahls é conhecida pelo corpo escultural e bem definido. Ela vem mudando a rotina e até mesmo chega a dizer que não considera chique uma mulher ser gostosa. Por isso, o foco agora é no crossfit e não mais a musculação. Com isso, ela já perdeu três quilos. A modalidade se tornou modinha entre os famosos que querem manter a forma e emagrecer.

Nicole diz que não precisa mostrar mais o bumbum e a perna, como fazia no programa Pânico onde aparecia só de biquíni. A modelo está mostrando mesmo que é adepta a mudanças e as roupas do armário já se tornaram tons neutros. Além disso, ela tem se envolvido cada vez mesmo em escândalos. Antes era comum ler notícias dela e de jogadores de futebol ou de herdeiros afortunados.

O rótulo de panicat ainda a persegue, mesmo tendo diminuído a malhação. Nicole diz que decidiu emagrecer através do crossfit porque lhe dá resultado rápido e não é tão monótono quanto os exercícios da academia. Não é à toa que ela diz já ter deixado para trás três quilos em apenas seis semanas. O objetivo é eliminar mais dois.

O profissional que orienta a bela no croosfit é João Victor Ribeiro. Ela faz os exercícios no Rio de Janeiro e diz que não há uma rotina e o corpo sempre está em evolução. Nicole conta que os alunos são desafiados durante todo o treinamento e é possível sentir diferença dentro do período de quatro semanas. Ribeiro diz que depois de uma hora de crossfit a pessoa perde pelo menos 500 calorias.
O treinador norte-americano Greg Glassman criou o crossfit na década de 1990. Naquela época, o Departamento de Polícia da cidade de Santa Cruz, estado da Califórnia, chamou o treinador para orientar os oficiais. Tanto é que trata-se do principal programa de treinamento de força de várias academias de polícia e grupos de operações especiais.

Há rumores também de que o crossfit é perigoso. Mas, Ribeiro alerta que é preciso saber o seu limite e não achar que pode levantar muito peso porque se considera “fortão”.