Publicado em: sexta-feira, 11/07/2014

Neymar se emociona ao falar da lesão e afirma que poderia estar em uma cadeira de rodas

Neymar se emociona ao falar da lesão e afirma que poderia estar em uma cadeira de rodasA grande promessa da seleção para essa Copa do Mundo, teve que deixar o mundial após levar uma joelhada do lateral direito colombiano Camilo Zuñiga, nessa quinta-feira (10), Neymar falou sobre o ocorrido na Granja Comary, após ter se unido com à seleção brasileira, mesmo não jogando no sábado – quando acontecerá a disputa para o terceiro lugar -. O artilheiro chorou quando falou sobre sua lesão e o fato de ela poder ter o deixado de cadeira de rodas.

Ele declara emocionado, que se o impacto tivesse sido dois centímetros para dentro, poderia estar em uma cadeira de rodas. Ainda afirma que não concorda e não acha justo a entrada de Zuñinga que foi responsável pela fratura de uma vértebra e com ela, a perda das duas últimas partidas da Copa. O atacante ressalta que não aceita esse lance, não podendo alegar que foi por maldade, porque não há como saber, contudo, para ele, quem entende de futebol sabe que essa não foi uma entrada normal. Mesmo após o ocorrido, Neymar disse que perdoa Zuñinga e contou que o colombiano até mesmo fez uma ligação para ele com um pedido de desculpas. “Eu desculparia sim, não sinto ódio, não sinto nada. Ele até me ligou, pediu desculpas, falou que não queria me machucar, falou um bocado de coisa legal. Desejo que Deus abençoe, que ele tenha sucesso na carreira dele”, diz na coletiva.

Recepção calorosa

Com dificuldade em caminhar e usando uma cinta lombar, o atacante chega até a Granja Comary e é bem recebido pelos companheiros e também por quem acompanhava o treino do lado de fora. Neymar não precisará de cirurgia, mas terá que esperar pelo menos 40 dias para voltar a chutar a bola em campo. Quando questionado sobre se o colombiano disse algo à ele antes da joelhada, ele garante não quer causar polemica, mas infelizmente não se lembra do momento.