Publicado em: sexta-feira, 14/10/2011

Neymar chora após derrota e pede desculpas por expulsão

Após a derrota para o Atlético-MG, por 2 a 1, o atacante santista Neymar chorou e pediu desculpas aos companheiros de equipe por sua expulsão. O jogo da 29º rodada do Campeonato Brasileiro aconteceu na noite de quinta-feira, dia 13 de outubro, na Arena do Jacaré.

Antes de o craque cair em lágrimas no vestiário, Edu Drascena, o capitão do time da Vila, já o defendia. Ele afirma que Neymar apanha durante toda a partida e uma hora isso ia acabar o irritando. O técnico Muricy Ramalho disse, em entrevista à rádio Globo, que Neymar é uma pessoa humilde e admitiu o erro perante todos.

Porém, Muricy não o poupou de levar uma bronca por ter ironizado e xingado o árbitro que o expulsou, Wilton Pereira Sampaio. O técnico santista afirma que conversou com ele sobre a atitude que teve e ele deve se acostumar com esse tipo de coisa, pois é um jogador que dribla e sempre será “caçado”.

Muricy não tira a culpa de Neymar por sua expulsão, mas também não deixou de fazer críticas a Sampaio. Ele afirma que o jogador errou por ter tratado o árbitro daquela forma, porém, segundo Muricy, existem muitos juízes que tem vergonha de dar as faltas que ele comete então complicam para o atacante.