Publicado em: terça-feira, 22/12/2009

Nevascas na Europa ainda causam transtornos

As fortes nevascas que atingiram a Europa nos últimos dias ainda seguem cansando estragos. Até agora 80 mortes foram computadas como causadas pelo frio intenso. Somente na Polônia foram registrados 42 óbitos causados pelas nevascas.

O Eurotúnel, trem que liga Londres a Paris permaneceu paralisado durantes três dias por conta das más condições do tempo, e foi reaberto parcialmente na terça-feira. A interrupção dos serviços do Eurotúnel prejudicou aproximadamente 75 mil pessoas.

A onda de frio que assola a Europa registrou as menores temperaturas e muitos anos. No sul da Alemanha, na região da Baviera, os termômetros atingiram a marca de 33,6 graus negativos. Em Zagreb, na Croácia, um acidente de trem acabou se chocando contra um muro da estação. O sistema de freios do trem não estava funcionando corretamente por conta do frio de 17 graus negativos.

Países como França, Portugal, Áustria, Inglaterra também registraram baixas temperaturas e foram atingidas por nevascas.