Publicado em: segunda-feira, 03/08/2009

Nelsinho Piquet é demitido da Renault

O Grande Prêmio de Fórmula 1 da Hungria realmente foi a última corrida do brasileiro Nelsinho Piquet pela equipe Renault. A demissão do piloto foi anunciada oficialmente nessa segunda-feira (03), mas teria sido decidida na semana passada.

Piquet foi anunciado como piloto da Renault e companheiro de Fernando Alonso em dezembro de 2007. Mesmo com um desempenho ruim na temporada 2008, tendo se destacado apenas com um segundo lugar no GP da Alemanha, sua continuidade na equipe para 2009 foi confirmada.

Como não respondeu às condições impostas pela escuderia, a crise sobre sua permanência do brasileiro veio mais uma vez à tona. Em seu site oficial, Piquet reclama das diferenças entre seu carro e o de Fernando Alonso, além desaprovar Flávio Briatore dizendo que o chefe da Renault ‘foi o meu carrasco’.

Piquet participou no total de 28 GPs, conquistando 19 pontos, uma sétima colocação como melhor posição de largada e um pódio. As especulações são de que o piloto suíço Romain Grosjean ocupe o lugar de Nelsinho na equipe.