Publicado em: terça-feira, 22/11/2011

Nave russa volta à Terra depois de mais de 161 dias no espaço

Três astronautas que estavam na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) enviados pela Expedição 29 retornaram à Terra na madrugada desta terça-feira (22), sendo que a nave Soyuz pousou na região do Cazaquistão. A equipe era composta pelo comandante da missão, o norte-americano Mike Fossum, e dois engenheiros de voo: o russo Sergei Volkov e o japonês Satoshi Furukawa. O trio passou 165 dias na ISS.

Agora estão outros astronautas na ISS, sendo eles os cosmonautas russos Anton Shkaplerov e Anatoly Ivanishin e o astronauta americano Dan Burbank, da Expedição 30. A Expedição 30 chegou à ISS na semana passada, pois a decolagem da nave passou por uma série de atrasos em decorrência de falhas identificadas pela agência espacial russa, responsável pelo envio dos tripulantes desta missão. A expectativa é que os outros membros da Expedição 30 se juntem aos três primeiros em dezembro. Os novos integrantes são o norte-americano Don Pettit, o holandês Andre Kuipers e o russo Oleg Kononenko.

A princípio, os tripulantes da Expedição 29 deveriam ter voltado à Terra em 16 de novembro, o que completaria 161 dias no espaço. Porém, o acidente com a nave russa, Progress M-12M, que aconteceu em agosto, fez com que o retorno tivesse que ser adiado.

Um dos membros da equipe de resgato afirmou que “a tripulação suportou bem a descida e a aterrissagem. Os tripulantes estão de bom humor”. Para o pouso da cápsula foi necessário o acompanhamento de três aviões e oito helicópteros, que garantem a segurança dos astronautas.