Publicado em: sexta-feira, 08/06/2012

Nave Enterprise ficará agora em museu de Nova York

O famoso ônibus espacial que teve o nome baseado na nave espacial do seriado Jornada nas Estrelas, a Enterprise, passou na manhã de quarta feira flutuando em uma balsa em frente a estátua da Liberdade. Em seguida, a balsa com o ônibus atracou próximo ao local onde ficará a partir de agora, o museu que fica à margem do rio Hudson, em Nova York.

Aguardando no local estava uma multidão que quis acompanhar a nave aposentada se aproximando do destino final: Museu Intrépido do Mar, Ar e Espaço. Lá o ônibus espacial ficará em exposição sobre um porta-aviões da época da segunda guerra mundial.
Um policial que estava no local gritava aos colegas como uma criança animada se os colegas tinham visto o ônibus espacial. Entre a platéia estavam idosos e crianças, turistas e nova-iorquinos. Todos aplaudiram quando a nave parou próximo ao guindaste que o instalou em lar flutuante. Um idoso presente no local destacou que a nave espacial representava um pedaço da historia nacional.

História

A Enterprise nunca foi para o espaço, mas realizou uma viagem que encantou muita gente. No último mês de abril, centenas de pessoas conseguiram acompanhar com certo assombro m sobrevôo do ônibus pela cidade de Nova York carregado na garupa de Boeing 747 Jumbo.

Na história dos Estados Unidos, este é mais antigo ônibus espacial. Na década de 70, A Enterprise foi lançada ao ar de um Boeing 747, no estado da Califórnia. A proposta era testar que a nave possuía capacidade de planar e pousar, mostrando que esses veículos poderiam ser lançados ao espaço.

Inicialmente, a nave receberia o nome de Constitution, como forma de homenagem ao bicentenário da Constituição dos Estados Unidos. O que mudou a nomeação foi o fato de muitos fãs da série Jornada nas Estrelas enviaram à Casa Branca inúmeras cartas pedindo que a nave recebesse o nome da ficcional que tinha Spock e Kirk como capitães.