Publicado em: sábado, 17/09/2011

Nasa informa queda de satélite na atmosfera terrestre no dia 23 de setembro

A agência espacial norte-americana, Nasa, informou que um satélite desativado deve atingir a Terra no dia 23 de setembro, próxima sexta-feira. A agência afirma que está acompanhando a trejetória do satélite com atenção e que o dispositivo era de Pesquisa da Alta Atmosfera (UARS), aposentado em 2005. O satélite foi levado no ano de 1991 ao espaço pela nave Discovery com objetivo de medir as variações atmosféricas e os efeitos da população.

Quando o satélite entrar na atmosfera da Terra, os cientistas explicam que parte das suas peças deve se despedaçar a desintegrar. Porém, por mais que isso não aconteça com todo o satélite, as chances de alguma parte do equipamento atingir e ferir uma pessoa são “extremamente pequenas”. Com isso, os cientistas praticamente garantem que a chegada do satélite à Terra não apresenta ameaça aos cidadãos do planeta.

Para ilustrar numéricamente a probabilidade de uma das peças do satélite atingir uma pessoa, os cientistas descrevem como menor do que uma em um milhão. Nesse aspecto, entende-se que a probabilidade também é aplicada a qualquer outro objeto espacial que esteja entrando na atmosfera terrestre. Como exemplo, os cientistas destacam como desde o início da era espacial não há registros de alguém que tenha se ferido com a queda de um objeto espacial.

Agora, a Nasa informa que está acompanhando a trejetória do satélite, assim como outras agências internacionais. A princípio, o objeto era esperado para o final de setembro ou início de outubro, mas uma mudança na atividade solar adiantou a sua chegada.