Publicado em: sábado, 25/02/2012

“Não sou mentiroso”, diz Leão após críticas de Andrés

Após criticar abertamente a CBF por não liberar o meia-atacante Lucas para o clássico diante do Palmeiras por conta do amistoso da seleção da brasileira, e ser repreendido pelo diretor de seleções, Andrés Sanchez, Leão voltou a rugir na manhã deste sábado (25).

As críticas do treinador surtiram efeito e a Federação Paulista de Futebol conseguiu a liberação do atleta. Mesmo assim, Andrés fez duras críticas ao treinador do São Paulo e o chamou de mentiroso, já que Leão disse que membros da CBF pediram para que o camisa 7 forçasse um cartão amarelo para ficar de fora do clássico e não prejudicar o time.

Na tréplica, Leão disse que não era mentiroso e que tentou ligar para o ex-presidente do Corinthians para esclarecer a situação, mas não foi atendido. O treinador ressaltou que uma fonte dentro da CBF foi quem lhe disse sobre o assunto e foi falado exatamente aquilo que ele falou (que pediram para que Lucas forçasse o amarelo).

Leão disse ainda que ficou muito chateado com toda a situação, já que o jogador do Vasco foi liberado e dois jogos do Santos antes de amistosos da seleção foram antecipados e só o São Paulo foi prejudicado.