Publicado em: quinta-feira, 19/06/2014

Naldo acredita que sua música “É Gol” ainda se torne hit da Copa

Naldo acredita que sua música “É Gol” ainda se torne hit da CopaO cantor Naldo como um bom brasileiro, também preparou algo especial para a Copa do mundo, junto com os ex-jogadores Zico e Romário, ele criou a música “É Gol”, com a pretensão de deixar sua marca e animar a torcida brasileira. Porém, não teve muito sucesso mesmo tendo produzido pela sua própria gravadora, Sony Music, o álbum que foi produzido oficialmente para o mundial não contou com a música de Naldo para compor a playlist.

Ele conta que todos tem falado muito bem de sua música e as pessoas até se surpreendem com o fato de não ter entrado no álbum oficial do mundial. Naldo completa dizendo que a gravadora estava fazendo a distribuição de seu DVD e conduzindo a entrada da “É Gol” na coletânea. Mas, acredita que podem ter dado preferências a cantores internacionais, porque não entendeu o fato de sua música não ter sido a faixa principal da Copa, mas ainda tem esperanças que ela seja escolhida como hit e caia no gosto do público. De acordo com a gravadora, a escolha do repertório foi feita por executivos da Sony Internacional em parceria com a Fifa.

Clipe

O vice-presidente de marketing internacional da Sony Music Inglaterra garante que a intenção era buscar um álbum com muita diversidade, cheio de canções que não exibissem somente o talento dos artistas, mas também colocar em destaque os elementos brasileiros que existem. Foi essa a forma que usaram para escolher as canções para compor a coletânea.

Para quem acha que a música “É Gol” é novidade, se engana, ela já existe desde julho do ano passado e teve seu lançamento na gravação do DVD ao vivo de Naldo, contudo, o clipe só teve sua estreia essa semana. O clipe teve como cenário a praia do Pepê, na Barra da Tijuca, no Rio e contou com a participação de personalidades, além de Zico e Romário, dos jogadores Léo Moura (Flamengo) e Sheik (emprestado do Corinthians ao Botafogo), e também o artista plástico Romero Britto.