Publicado em: sexta-feira, 09/12/2011

Na Argentina, Fernando Pimentel afirma que está tranquilo sobre denúncias

Nesta sexta-feira (9), o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, disse que está “tranquilíssimo” em relação às denúncias feitas pelo jornal O Globo de que ele teria utilizado de tráfico de influência como forma de beneficiar a própria empresa, P-21 Consultorias e Projetos. Em Buenos Aires, dando entrevista a jornalistas brasileiros, ele disse que as explicações que deveriam ser dada já foram feitas.

De acordo com Pimentel, o Congresso não tem motivos para convoca-lo a dar explicações, mas afirmou que estará presente caso seja chamado, já que, segundo ele, a obrigação de um ministro é atender quando convocado pelo Congresso. A crise política na qual Pimentel está envolvido começou desde que o jornal O Globo divulgou informações sobre a empresa de consultoria que abriu após deixar a prefeitura de Belo Horizonte, em 2009.

De acordo com as matérias publicadas pelo jornal, os clientes da consultoria de Pimentel seriam empresas e entidades que mantiveram contratos com a prefeitura da capital mineira enquanto Pimental ainda ocupava o cargo de prefeito da cidade.

O ministro viajou para a Argentina, onde participa de uma reunião sobre comércio bilateral, cujo objetivo é abrir uma nova negociação mais longa para conseguir criar um mecanismo de integração entre as economias do Brasil e da Argentina e que seja realmente capaz de funcionar. Pimentel minimizou as reclamações de exportadores brasileiros, que dizem que a Argentina ainda atrasa a emissão de licenças não automáticas de importação, dizendo que cada país possui o próprio processo de licenciamento.