Publicado em: sábado, 28/04/2012

“Museu da Inocência” será inaugurado em Istambul

Neste sábado (28), o escritor turco e vencedor prêmio Nobel de Literatura, Orhan Pamuk, irá realizar seu antigo sonho. De acordo com a publicação do portal G1, Pamuk irá inaugurar um real “Museu da Inocência”, apresentando uma série de relíquias da vida cotidiana de meio século, remetendo a sua obra de 2008. Em uma entrevista coletiva, o escritor afirmou que gostaria de fazer algo para representar a vida comum de Istambul e, para isso, não queria um espetacular museu.

Localizado no bairro de Cukucuma, o chamado Museu da Inocência irá trazer itens que foram realmente utilizados e outros que foram criados da vida turca que viveu no período de 1950 a 2000. O museu será uma homenagem a obra de Pamuk e também a Istambul.

História contada em objetos

Segundo a publicação do G1, o escritor turco afirma que os objetos utilizados na vida cotidiana deveriam ser preservados, pois contam histórias de como são e eram as pessoas e as glórias de seus passados. Pamuk teve a ideia de escrever “O Museu da Inocência” a mais de dez anos e a obra se tornou um best-seller. Ele ganhou o prêmio Nobel de literatura em 2006.

A obra narra a história de Kemal, um colecionador que junta objetos comuns do dia-a-dia para poder ter de volta a felicidade. O museu que será inaugurado em Istambul possui vários itens coletados pelo próprio Pamuk e também coisas das casas que visitou. Entre os itens existem kits de barbear, cachorros de porcelana e até mesmo a coleção de escova de dente, que é mencionada em sua obra.