Publicado em: quarta-feira, 15/08/2012

Musa do futebol feminino conta vida pessoal em livro

Musa do futebol feminino conta vida pessoal em livroA goleira da seleção de futebol feminino dos Estados Unidos, Hope Solo, escreveu um livro de memórias em que conta sua vida até sua equipe embarcar para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. “SOLO: A Memoir of Hope” apresenta para os fãs da atleta detalhes sobre sua vida privada, inclusive sobre o relacionamento que a musa do futebol tem com o pai.

O canal “ESPN” comentou sobre alguns detalhes da publicação. No livro, a goleira norte-americana afirma que foi concebida na cadeia, quando sua mãe foi visitar seu pai na prisão. Grande parte do livro fala sobre o relacionamento da atleta com seu pai, Jeffrey John Solo, que foi detido por fraude e também recebeu a acusação de assassinato. Hope afirma que o pai sempre deu muito amor a ela, mas ele não sabia ser um bom esposo e nem uma pessoa responsável na sociedade.

Desabafo

Hope aproveita sua biografia para contar diversos detalhes de sua vida, inclusive quando sua vida desandou com a morte de seu pai, que teve uma parada cardíaca. A jogadora afirma que deixou de ser a goleira titular da seleção norte-americana na semifinal do Mundial e acusa o treinador da equipe da época, Greg Ryan, de tê-la empurrado em uma preleção.

O técnico já se defendeu sobre as acusações apontadas por Hope em seu livro, e afirmou que nunca a empurrou, caso tivesse feito isso teria sido expulso do comando da seleção dos Estados Unidos. O livro de Hope Solo será lançado nesta sexta-feira (15) em inglês por aproximadamente R$ 30,40.