Publicado em: sexta-feira, 09/12/2011

Muricy Ramalho treina finalizações para elenco se adaptar ao frio do Japão

O treinador do Santos, Muricy Ramalho, está preocupado com a adaptação dos jogadores ao frio que faz no Japão nesta época do ano. Ele mudou o cronograma de treinos que havia sido apresentado em Nagoya e, nesta sexta-feira (9), começou os treinamentos perto do horário marcado para a semifinal no próximo dia 14, às 19h30.

A decisão aconteceu depois que o treinador acompanhou a partida entre Kashiwa Reysol, do Japão, e Auckland City, da Nova Zelândia, na quinta-feira (8), que marcou a abertura do Mundial de Clubes de 2011. Muricy ficou impressionado com o frio de 3° que fazia na cidade de Toyota, e apelidou o estádio de geladeira. Nesta sexta, o time do Santos treinou a uma temperatura de 5°C, onde o técnico priorizou as finalizações, depois de um longo período de aquecimento.

O técnico brasileiro disse que o fuso horário não é o único problema encontrado pelo Santos, já que não estão acostumados com o frio e precisam superar esse desafio nos treinamentos. O jogador Danilo disse que não está tão doloroso como esperavam e que os jogadores estão conseguindo supera. Henrique também achou o frio impressionante, mas disse que os jogadores usam luvas, gorros e o que for preciso para aguentar.

A mudança no cronograma de Muricy cancelou dois treinos previstos para o período da manhã. A partir de agora, o Santos só treinará no horário em que acontecerá o jogo da semifinal, como estratégia para se adaptarem ao clima que enfrentarão durante a partida.