Publicado em: terça-feira, 20/12/2011

Muricy Ramalho dá risada sobre críticas à escalação do Santos contra Barcelona

No desembarque no aeroporto de Guarulhos, nesta terça-feira (20), o técnico do Santos, Muricy Ramalho, mostrou cansaço e falou pouco. A delegação foi recebida com festa pelos torcedores, que também gritaram o nome do treinador, que não quis comentar a escalação com três zagueiros utilizada na partida contra o Barcelona, no Mundial de Clubes da Fifa, quando os brasileiros foram derrotados por 4 a 0.

Questionado por jornalistas sobre a formação que o Santos adotou na final, o treinador deu risada e continuou andando, sem responder à pergunta. No time titular, entraram Bruno Rodrigo, Edu Dracena e Durval, com Léo jogando de lateral esquerdo e Danilo pelo lado direito, porém, mais adiantados.

Muricy fez questão de ressaltar que o futebol brasileiro não precisa de nenhum tipo de reformulação em seu estilo de jogo, dizendo ainda que o Barcelona não pode servir como instrumento de comparação para nenhum outro time do mundo. O técnico do Santos admitiu que os espanhóis têm uma equipe diferenciada e afirmou que na Espanha, a realidade é diferente do que no Brasil.

O Santos chegou ao Brasil na madrugada desta terça-feira e foi recebido com ânimo por cerca de 50 torcedores, que demonstraram apoio aos jogadores e a comissão técnica. O treinador disse que isso é normal, já que o clube chegou a três finais em 2011 e isso foi apenas o reconhecimento da torcida. Desde que deixou o Fluminense e assumiu o time paulista, Muricy conquistou o Campeonato Paulista e a Taça Libertadores da América, além do vice-campeonato Mundial.