Publicado em: sábado, 07/04/2012

Muricy quer acabar com a concentração

O Santos se encaminha para dar um passo considerado ‘revolucionário’ no futebol brasileiro. Em entrevista ao jornal ‘Lance!’, o técnico Muricy Ramalho informou que pretende acabar com o regime de concentração antes dos jogos.

Muricy confirmou que o período de concentração dos atletas está sendo reduzido gradativamente, dizendo que ‘uma hora vai acabar’ o sistema em que os jogadores permanecem trancados em hotéis no dia que antecede às partidas.

O treinador ressaltou que a resposta de seus jogadores para o fim da concentração tem sido bastante positiva. Muricy acredita que o fato do ambiente no clube da Vila Belmiro ser – classificado por ele próprio – ‘tranquilo’ facilita a abolição da concentração.

A experiência no Santos tem como inspiração o futebol europeu, onde na maioria dos clube os jogadores são liberados e têm de se apresentar apenas algumas horas antes dos compromissos. No Brasil as equipes ainda obrigam seus atletas a ficarem isolados pelo menos um dia antes da partida.