Publicado em: segunda-feira, 12/12/2011

Muricy evita coletivos com medo de lesões

O técnico Muricy Ramalho, do Santos, optou em não realizar treinos coletivos à medida que se aproxima a estreia do clube brasileiro no Mundial Interclubes. A preocupação de Muricy é lesionar algum jogador na véspera de uma das partidas mais importantes do ano para o alvinegro.

Na segunda-feira (12), o treinador santista não realizou coletivo, e justificou que seus jogadores correm algum risco de se lesionarem. Faltando menos de dois dias para a primeira partida no Mundial, Muricy comandou um trabalho leve em Nagoya.

Na terça-feira, o alvinegro da Vila Belmiro irá conhecer o palco de sua estreia no Mundial. A equipe fará um treino de reconhecimento de gramado do estádio em Toyota. Normalmente, este tipo de atividade não inclui coletivos, apenas toques de bola e treinos recreativos.

O Santos enfrenta o Kashiwa Reysol na quarta-feira, às 8h30, pelas semifinais do Mundial Interclubes. Se vencer o time japonês, que conta com os brasileiros Jorge Wagner e Leandro Domingues e é treinado por Nelsinho Baptista, enfrenta quem ganhar do duelo entre Barcelona Al Sadd, do Catar.