Publicado em: segunda-feira, 14/11/2011

Mulher é resgatada por navio após queda de avião

Anne-Marie Dickinson, de 78 anos, foi resgatada por um navio russo de carga após que o avião em que viajava, um monomotor, caiu no Canal da Mancha. Anne-Marie estava viajando com o marido, Ian, de 79 anos. Ele pilotava o monomotor que foi alugado na tarde deste sábado, dia 12 de novembro.

Ian teria ficado preso na aeronave, que afundou com as ondas. O corpo do marido de Anne-Marie e os destroços do avião ainda não foram encontrados pela equipe de resgate. Anne-Marie Dickinson foi encaminhada para um hospital em um helicóptero. Ela foi tratada foi hipotermia, mas já está bem e recebeu alta da equipe médica.

O acidente com a aeronave ocorreu quando Anne-Marie e Ian viajam da Inglaterra para sua casa em Alderney, localizada nas Ilhas do Canal. Eles faziam a viagem em um avião alugado. Autoridades francesas que comandavam as procuras divulgaram o fim das buscas no domingo. Porém, os motivos que causaram o acidente ainda estão sendo investigados.

De acordo com o detetive de polícia John Davis, Annie-Marie ainda não foi interrogada, mas está com os familiares e parece bem, mesmo com o sofrimento que o acidente lhe causou. Os detalhes do acidente podem demorar a serem descobertos. De acordo com a Associação de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB), pode levar alguns meses.