Publicado em: segunda-feira, 19/03/2012

Mulher é detida portando mais de cem RGs falsos

Na madrugada deste domingo (18), uma mulher acabou sendo presa com mais de cem carteiras de identidade falsificadas, em Santana do Parnaíba, localizada na Grande São Paulo. De acordo com informações divulgadas pela polícia, ela estava com 93 cédulas de RG contendo a sua foto, mas com nomes diferentes em cada uma delas, além de mais 20 cédulas de RG com a foto de seu marido.

O verdadeiro nome da detida é Maria Augusta dos Santos Sousa e ela possui 33 anos. Ela foi abordada enquanto estava junto de um homem e de uma outra mulher, tentando escapar de um bar depois que a polícia foi chamada devido a alguns disparos de arma de fogo que ocorreram no local. Os detidos foram capturados enquanto tentavam deixar o local em uma picape Hilux.

Já na delegacia, os policiais encontraram com a mulher os 93 documentos falsos, que haviam sido despachados em todos os Estados do Brasil, com exceção do Maranhão. Além dos RGs falsos em seu nome, o agravante foi que com ela estavam também as cédulas falsas do marido, o qual já era um procurado da polícia.

Depois dos documentos, a policia ainda apreendeu com ela uma arma, a mesma que efetuou os disparos no bar, além de folhas de cheque preenchidas com valores diversos e cartões de crédito de vários bancos distintos.

A polícia trabalha com a hipótese de que os três presos pertençam a uma quadrilha, que utiliza documentos falsificados para comprar produtos ilegalmente. O marido da acusada não foi localizado, mas ele teria comprado a Hilux com documentos falsos. O caso foi registrado como tentativa de homicídio, porte ilegal de arma, e também falsificação de documentos.