Publicado em: domingo, 10/06/2012

Mubarak é internado em estado grave no Egito


Hosni Mibarak, ex-presidente do Egito, está internado em estado grave no hospital da prisão onde está detido, localizada em Tora, no sul de Cairo. O ex-governantes está preso no local desde o último dia 2 de junho, depois que foi condenado à prisão perpétua pelo tribunal egípcio.

De acordo com as agências de notícias do país, Mubarak está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital e neste domingo, 10 de junho, recebeu a visita da sua esposa, Suzanne, e de duas noras. Segundo as informações das agências, Mubarak está impossibilitado de receber suas visitas na sala do presídio destinada a esse fim.

No sábado, 9 de junho, alguns blogs e sites na internet chegaram a anunciar a morte do ex-presidente, porém a informação foi desmentida por fontes oficiais pouco tempo depois do surgimento dos boatos.

A saúde de Mubarak está cada vez pior desde que ele foi preso. Por conta disso, o ex-presidente corre o risco de uma embolia e pode ser transferido em breve para um Centro Médico Internacional, onde ele estava internado antes de receber a sua sentença.

O ex-presidente do Egito recebeu a condenação à prisão perpétua depois que foi acusado como responsável pela morte de inúmeros manifestantes durante os protestos que resultaram na sya renúncia. A onda de protestos populares teve a duração de 18 dias e fez com que Mubarak renunciasse ao cargo em 11 de fevereiro de 2011.

Mubarak já havia sido internado no Centro Médico de Sharm el-Sheikh quando sofreu um ataque do coração, em abril de 2011. O problema de saúde aconteceu no mesmo dia em que ele foi interrogado e preso. Depois que seu julgamento teve início, em agosto do ano passado, o ex-presidente foi transferido para o Centro Médico Internacional de Cairo, onde ficou até a leitura da sentença.