Publicado em: terça-feira, 23/08/2011

MST bloqueia entrada do Ministério da Fazenda

Nesta terça-feira (23) pela manhã um grupo de trabalhadores rurais sem-terra bloquearam duas das principais entradas que dá acesso ao Ministério da Fazenda, que fica na Esplanada dos Ministérios. Primeiramente os manifestantes ocuparam a recepção do prédio do Ministério. Os sem-terra reivindicam que o governo acelere a reforma agrária e que também aumente o orçamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). De acordo com informações repassadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-terra (MST) participaram do bloqueio cerca de 4 mil pessoas. Não foram relatadas atitudes violentas.

O grupo que fez parte das reivindicações era formado por integrantes da Via Campesina e do MST, espera ainda ser recebido pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, e pretendem tratar com ele dos investimentos federais na área da reforma agrária.

O Ministério da Fazenda informou que a entrada principal e a entrada privativa do ministro é que estão bloqueadas e falou ainda que o grupo de manifestantes não chegou a entrar no prédio do ministério, pois foi contido por um grupo de seguranças. Ainda durante a manhã as equipes do Ministério da Fazenda estavam negociando a melhor solução diante da situação. Alguns funcionários conseguiram entrar para trabalhar pelo anexo do ministério, mas mesmo assim foram dispensados.

A assessoria do MST disse que o movimento que discutir ainda o assentamento imediato de 60 mil famílias que estão em acampamentos por todo o país, além de rever os cortes que são previstos para 2012 e negociar as reivindicações das dívidas que são relativas aos pequenos agricultores.