Publicado em: quinta-feira, 30/01/2014

Motorola da Google é vendido para Lenovo por US$ 2,9 bi

Motorola da Google é vendidoNa noite de ontem, a Google confirmou a venda do Motorola Mobility de smartphones, por US$ 2,9 bilhões, para a chinesa Lenovo. Este valor chega a ser menos que a quarta parte do que foi pago pela Google para a fabricante, em 2012, que desembolsou US$ 12,5 bilhões. O diretor executivo da Google, Larry Page, anunciou no blog oficial da marca as explicações que levaram a venda. De acordo com ele, trata-se de uma mudança muito importante para os clientes do sistema operacional móvel Android, que vai acontecer em todo o mundo.

O diretor ainda declarou que eles compraram o Motorola em 2012 para melhorar o ecossistema Android com um portfólio melhorado, ou seja, mais poderoso de patentes, além de fazer aparelhos telefônicos bons para os usuários. Porém, Page ainda falou que o mercado de smartphones é muito concorrido, por isso, para lidar com ele deve se dedicar totalmente a isso. Então, eles decidiram vender para a Lenovo pois acreditam que a fabricante chinesa irá servir melhor a Motorola, já que o negócio de celulares da empresa cresce muito rápido e, no mundo, é a maior fabricante de computadores.

Para Page, está iniciativa vai permitir que a Google se concentre mais nos estudos de inovações contínuas no Android, que, de qualquer forma, vai beneficiar ainda mais os usuários. O cofundador da maior rede de internet ainda afirmou que está venda não quer dizer que a companhia vai desistir das outras tentativas relacionadas ao hardware, como por exemplo os gadgets vestíveis, ou seja, o Google Glass.

Falando em Tecnologia

Pela primeira vez a rede social Facebook teve mais da metade de sua receita de anúncios móveis. No quarto trimestre de 2013, o valor chegou a 63%, ultrapassando as expectativas da Wall Street. Comparada ao ano passado, o total subiu para US$2,585 bilhões, sendo que anteriormente estava com US$ 1,585 bilhões. A expectativa dos analistas também foram superadas, já que a previsão era de que o Facebook atingisse apenas os US$ 2,33 bilhões.