Publicado em: terça-feira, 14/02/2012

Motorista que atropelou 11 pessoas é preso em SP

Nesta segunda-feira (13), a Polícia Civil de São Paulo prendeu em flagrante o motorista de ônibus acusado de atropelar 11 pessoas na região da Brasilândia, Zona Norte de São Paulo. De acordo com o motorista, não havia ninguém no volante no momento do acidente, que deixou nove pessoas feridas e duas vítimas fatais. O caso aconteceu às 6h desta segunda.

Foi estipulada fiança de R$ 31,1 mil e ainda não havia sido paga até a manhã desta terça-feira (14), de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP). O motorista dormiu no 72º DP, que fica na Vila Penteado, e ainda espera um lugar em um Centro de Detenção Provisória (CDP).

Em seu depoimento, o motorista conta que levou o ônibus da garagem até o último ponto, que fica próximo do local onde as vítimas esperavam para embarcar. Ele disse que o veículo ficou parado por cerca de meia hora, até que o ônibus que estava na sua frente saiu. Depois disso, o motorista entrou em seu ônibus para ligá-lo, procedimento considerado comum entre os profissionais da área. Após dar a partida, ele teria descido e conversado com um amigo quando olhou para trás e viu o ônibus descendo a rua e atropelando as pessoas.

O motorista, que pedir para não ser identificado, entrou no ônibus depois do acidente para tentar aliviar a situação. Mas conta que teve que sair de lá porque as vítimas pensaram que ele estava dirigindo. De acordo com a polícia, o motorista teve que ser levado para o 74º DP, já que corria risco de ser linchado pelas pessoas na rua.