Publicado em: terça-feira, 20/03/2012

Morumbi lidera o número de casas assaltadas em SP

As casas do bairro de classe média alta Morumbi, zona oeste da cidade de São Paulo, são os principais alvos das quadrilhas especialistas em assaltar residências na cidade. O Morumbi é o bairro que mais teve casas roubadas durante este ano: do primeiro dia do ano até o dia 10 deste mês foram 22 assaltos realizados nas casas.

Os dados são referentes a uma análise com 475 registros de furtos a casas na capital paulista, cujos índices não são divulgados através da Secretaria da Segurança Pública. Este mapeamento mostra que, em média, a cada três horas e meia, uma casa é assaltada. Isso sem contar, os sete arrastões que foram feitos em prédios residenciais neste ano, que não se encontram na lista.

As casas dos bairros de Pinheiros, na zona oeste, da Penha e de Ermelino Matarazzo, na zona leste também são alvos muito visados. Todos os bairros sofreram 18 casos.

Com três assaltos em cada, as ruas Doutor João Rodrigues de Abreu, em Perus, na zona norte, e a rua Serra do Itaqueri, na Vila Jacuí, na zona leste, foram as que mais sofreram com os roubos residenciais. Essa média atualizada equivale a de 2010, contudo com a diferença de que antes eram somados roubos e furtos. De acordo com representantes de Conselhos Comunitários de Segurança de Pinheiros e do Morumbi, isso tem ocorrido devido à falta policiamento nos bairros.

No ano passado, o Morumbi passou por uma onda de assaltos a casas, mas depois que os moradores se manifestaram, a policia militar chegou a reforçar a segurança, entre os meses de agosto e novembro. Entretanto, com o fim dos roubos, os policiais se retiraram.

Segundo informações da PM, medidas já foram tomadas para inibir os roubos, como por exemplo, a alteração do horário de entrada dos policiais, evitando que o crime aconteça quando o morador chegar ou sair de casa.