Publicado em: segunda-feira, 26/03/2012

Morre o palmeirense baleado em briga com corintianos

O Hospital Geral de Vila Nova Cachoeirinha, localizado na zona norte da capital paulista, confirmou a morte de André Alvez Lezo na noite desse domingo (25). O jovem de 21 anos que foi baleado na cabeça durante uma briga envolvendo cerca de 300 torcedores do Palmeiras e do Corinthians. O confronto aconteceu antes do jogo clássico entre os dois times, durante a tarde deste domingo pelo Campeonato Paulista, no estádio do Pacaembu. Dentro do estádio o clima também foi de bastante confusão.

Os torcedores rivais haviam se enfrentado por volta das 10h na avenida Inajar de Sousa, usando pedaços de paus e pedras e também armas de fogo. A polícia militar foi avisada e se dirigiu até o local, dispersando as pessoas utilizando bombas de efeito moral. Além da vítima fatal, mais dois torcedores ficaram feridos na briga e receberam ajuda médica no mesmo hospital, mas mais tarde foram transferidos.

Um deles, com 23 anos, levou um tiro na bacia e está no Hospital do Mandaqui. Já o outro, com 27 anos, foi atingido com uma barra de ferro na cabeça e está no Hospital Cruz Azul. A policia prendeu sete pessoas acusadas de disparar contra a torcida do Palmeiras e as encaminhou até o 72º DP (Vila Penteado). De acordo com as investigações, a briga poder ter sido marcada através da internet.

A disputa Palmeiras x Corinthians é um dos maiores clássicos do país e muitas vezes acaba em confusão. Mesmo assim o planejamento de segurança em volta do estádio do Pacaembu não sofreu alteração devido ao confronto. Foram mais de 200 homens no policiamento, sendo 150 deles a pé, 40 de moto e mais 40 de cavalo.