Publicado em: sábado, 17/03/2012

Morre criador do energético Red Bull na Tailândia

Neste sábado (17), o criador da bebida energética Red Bull, morreu em Bangcoc aos 90 anos de idade. De acordo com o diário “Bangcoc Post”, Chaleo Yoovidhya, dono de uma das maiores fortunas da Tailândia e fundador da farmacêutica TC, faleceu devido a causas naturais. Segundo o ranking da revista “Forbes”, Chaleo possui um patrimônio avaliado em US$ 5 bilhõs e é o terceiro homem mais rico de seu país, sendo que no ranking mundial está em 205º lugar.

Durante mais de 30 anos, Chaleo desenvolveu uma bebida energética que nomeou Krating Daeng (“Touro Vermelho” em tradução literal). Mais tarde, esta bebida se tornou muito popular entre os trabalhadores noturnos e caminhos, devido ao efeito que provoca no organismo humano. O empresário austríaco Dietrich Mateschitz fez uma viagem pela Tailândia e descobriu o energético. Logo fez contado com seu criador para poder vender a bebida para todo o mundo.

Sucesso pelo mundo

Mateschitz levou a bebida para a Áustria com uma nova formulação e um novo nome: Red Bull. A bebida, comercializada em mais de 140 países, é composta por açúcar, cafeína, vitaminas, taurina e outros itens que garantem disposição para os que a bebem. O faturamento da empresa, atualmente, chega a 21 bilhões de euros e as vendas em todo o mundo atingem mais de bilhões de latas.

A família de Chaleo Yoovidhya tem 51% das ações da empresa que comercializa a bebida, e Dietrich Mateschitz possui os outros 49% restantes. A Red Bull patrocina diversos tipos de esporte, como a Fórmula 1. No Brasil, a empresa faz o Red Bull Desafio do Morro, que utiliza as escadarias do Morro Santa Marta, no Rio de Janeiro, como pista. Essa prova se parece com a realizada em Portugal, o Lisboa Downtown.