Publicado em: quinta-feira, 21/11/2013

Monique Evans está magoada com atitudes da filha

Monique Evans está magoada com atitudes da filhaA apresentadora de televisão Monique Evans ficou em tratamento psiquiátrico durante 15 dias. Ela própria se internou em uma clínica na cidade do Rio de Janeiro. O motivo seria um transtorno de personalidade. Agora ela tenta levar a vida adiante ocupando a mente para não ter outra crise. Ela procura malhar e paquerar bastante para se livrar dos momentos difíceis.

Monique costuma tirar fotos e posta em sua conta do Instagram. No dia em que foi para a clínica, ela postou uma imagem com os enfermeiros. Naquela época, a filha Bárbara Evans deixava recados dizendo que iria dar muito amor à mãe para que ela se recuperasse bem. Mas, a apresentadora andou revelando que o relacionamento entre as duas está bastante complicado.

A loira afirma que não vê a filha com frequência. Por isso, ela está usando o meio virtual e pronunciamentos na imprensa como forma de comunicação familiar. Em uma entrevista, Monique afirmou que fala com Bárbara somente através do aplicativo whatsapp e deseja muito que a jovem entrasse em casa e desse um abraço nela. Além disso, Monique chegou a dizer que Bárbara está matando a própria mãe aos poucos.

Monique mora no Rio de Janeiro, enquanto Bárbara se mudou para São Paulo. Depois que a modelo de 22 anos venceu o reality show “A Fazenda” e levou pra casa o prêmio de R$2 milhões, ela decidiu ir morar na capital paulista por questões profissionais. De acordo com a assessoria, Bárbara mora em um flat alugado.

Bárbara respondeu às declarações da mãe também pela internet. Ela diz que não visita Monique porque está proibida. De acordo com a modelo, os próprios médicos teriam feito a restrição para não interferir no tratamento psiquiátrico da apresentadora. Mas afirma que se preocupa muito com a saúde e o bem estar da mãe. A crise de personalidade de Monique esteve relacionada diretamente com Bárbara.

Monique está com 57 anos de idade e diz que se sente bem, mas evita ir a lugares muito cheios e continua tomando medicamentos. A crise emocional veio depois de uma discussão com a filha. Monique afirma que o motivo não foi financeiro e que teve vontade de se matar.