Publicado em: sexta-feira, 29/06/2012

Mohamed Morsi assume como presidente no Egito

Nesta sexta-feira (29), o presidente eleito no Egito, Mohamed Morsi, tomou posse em uma cerimônia simbólica realizada na Praça Tahrir, no Cairo. Este local é o símbolo dos protestos e da revolta da chamada Primavera Árabe, que conseguiu derrubar o ditador, Hosni Mubarak, em fevereiro do ano passado. O novo presidente assume o país em um momento de dúvidas sobre o quanto de poder terá e quanto continuará com os militares.

A cerimônia de posse de Morsi irá continuar amanhã. De acordo com a agência de notícias oficial, Mena, o novo presidente irá às 11h (6h no horário de Brasília), deste sábado para a sede do Alto Tribunal Constitucional. No local, ele deverá prestar seu juramento para a Assembleia Geral. Depois disso, Morsi irá para a Universidade do Cairo para fazer um discurso.

Mohamed Morsi

Morsi foi o candidato que representava a Irmandade Muçulmana nas eleições presidenciais. Ele conseguiu vencer Ahmed Shafiq, que foi primeiro-ministro no regime de Mubarak. Morsi é o primeiro presidente egípcio, depois de muitos anos, que não está ligado ao Exército. O Conselho Supremo das Forças Armadas (CSFA) garantiu que irá entregar o poder para Morsi até o amanhã.

O novo presidente deveria ser empossado na Assembleia do Povo, no entanto, o local da cerimônia foi modificado por um decreto da Declaração Constitucional Complementar. Com esta, os militares recuperaram o poder legislativo. Faz dias que os membros e seguidores da Irmandade Muçulmana estão ocupando a Praça Tahrir em forma de protesto contra os militares e duas determinações.