Publicado em: sexta-feira, 21/02/2014

MMA: Wanderlei admite torcida por Belfort contra Weidman no UFC

Wanderlei admite torcida por BelfortTécnico do TUF (The Ultimate Fighter) Brasil 3, Wanderlei Silva surpreendeu e disse que está na torcida para seu compatriota e desafeto Vítor Belfort na luta contra o norte-americano Chris Weidman, que vale o cinturão dos pesos médios no UFC. Na primeira edição do TUF Brasil, o paranaense chegou a discutir com o carioca por distintas opiniões sobre a escolha de lutas no reality show.

Apesar de admitir estar na torcida pelo brasileiro, Wanderlei fez questão de ironizar, dizendo que até comprará uma camisa em alusão a Belfort. Os compatriotas se enfrentaram apenas uma vez na carreira em 1998, com derrota do paranaense por nocaute em 44 segundos, e voltariam a realizar um combate em 2012, ao fim do TUF Brasil 1, mas com uma lesão na mão, o carioca teve de cancelar a revanche.

Além de torcer por Belfort, Wanderlei disse que pretende ser seu primeiro desafiante ao cinturão dos médios, para depois, em caso de triunfo, encarar seu maior desafeto, Chael Sonnen. Atualmente, o detentor do título é o próximo rival do carioca, no UFC 173, Weidman, em Las Vegas, nos Estados Unidos, no dia 24 de maio.

Na opinião de Wanderlei, Belfort é o favorito para a luta nos dois primeiros rounds. Entretanto, para ele, se Weidman conseguir segurar a agressividade do brasileiro no início, o americano se tornará o favorito para manter o cinturão. Em entrevista ao site Combate.com, o brasileiro afirmou que seu compatriota está bem preparado e tem todas as condições para tirar o título do adversário.

Wanderlei ironiza Belfort, mas dá conselhos ao ex-desafeto para vencer Chris Weidman

Em tom de ironia, Wanderlei lembrou da fama de ‘amarelão’ de Belfort, após a derrota para seu amigo Anderson Silva, em 2011. O lutador aconselhou o ex-campeão mundial a ‘trincar o dente’ e não deixar de ter garra até o fim, já que está representando o Brasil no UFC.