Publicado em: segunda-feira, 11/11/2013

MMA: Vitor Belfort nocauteia Dan Henderson no UFC Fight Night 32

MMA: Vitor Belfort nocauteia Dan Henderson no UFC Fight Night 32O brasileiro Vítor Belfort não deu muitas chances ao norte-americano Dan Henderson e venceu a luta mais esperada do card principal do UFC Fight Night 32, na madrugada do último sábado (9), no Goiânia Arena, em Goiânia. A vitória veio no primeiro round com um chute a um minuto e 17 segundos de combate.

Com a vitória, Belfort poderá disputar o cinturão dos pesos médios, como assegurou o presidente do UFC (Ultimate Fighter Championship), Dana White. Antes disso, porém, o brasileiro terá de esperar pelo vencedor do confronto entre seu compatriota Anderson Silva, diante do norte-americano Chris Weidman, atual detentor do cinturão, que se enfrentam no dia 28 de dezembro, pelo UFC 168, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Apoiado pela torcida de Goiânia, Belfort fechou a guarda no início, assim como Henderson, que também ficou estudando o oponente. Quando o americano resolveu partir para cima, o brasileiro surpreendeu com um soco de direita, que derrubou o rival, o qual logo foi ao chão. Após uma série de golpes, o atleta dos Estados Unidos tentou se levantar, mas foi atingido por um chute certeiro, que o nocauteou.

A derrota para Belfort foi a primeira por nocaute na carreira de Hendo. Aos 36 anos de idade, o carioca já acumula 24 vitórias no UFC, sendo 17 delas por nocaute. Seu adversário soma 29 vitórias, 13 delas por nocaute.

Apesar da vitória de Belfort, Brasil não tem grande participação no card principal

Mesmo com a torcida a favor, outros brasileiros não tiveram grande exibição no UFC Fight Night 32. Pelo card principal, Rony Jason foi derrotado pelo norte-americano Jeremy Stephens. Ex-atleta do TUF Brasil 2, o argentino Santiago Ponzinibio perdeu a luta para outro norte-americano, Ryan LaFlare. Paulo Thiago, por sua vez, foi derrotado pelo americano Brandon Thatch. Amenizando as derrotas anteriores, Rafael Feijão venceu Igor Prokrajac, da Croácia.