Publicado em: sexta-feira, 28/02/2014

MMA: Vítor Belfort desiste de luta, e Lyoto Machida disputará cinturão no UFC 173

MMA: Vítor Belfort desiste de lutaDepois de a Comissão Atlética de Nevada (NSAC) banir o TRT (Tratamento para Reposição de Testosterona) em todas as modalidades, inclusive o MMA, dentro dos Estados Unidos, Vítor Belfort anunciou oficialmente que não disputará a luta do UFC 173, que vale o cinturão dos pesos médios do Ultimate Fighter Championship (UFC), contra o norte-americano Chris Weidman. Dessa forma, o adversário do campeão dos médios será outro brasileiro, Lyoto Machida.

Belfort costuma utilizar o TRT e por isso resolveu desistir da disputa pelo título. Entretanto, o brasileiro admitiu que continuará no UFC e que sua intenção é lutar sem fazer o tratamento, já que outras comissões podem utilizar a mesma regra de banimento.

O UFC 173 será disputado no dia 24 de maio. Lyoto Machida já venceu dois combates, desde que mudou para os pesos médios, diante do norte-americano Mark Muñoz e do iraniano naturalizado holandês, Gegard Mousasi, e já seria o adversário do vencedor da luta que aconteceria entre Belfort e Weidman, conforme o presidente do UFC, Dana White, já havia prometido.

Em entrevista ao canal Fox Sports, Lyoto comemorou a oportunidade de lutar pelo cinturão dos médios. Ex-campeão dos pesos meio-pesados, o brasileiro prometeu se preparar bastante para encarar o algoz de Anderson Silva.

Sobre o novo rival, Chris Weidman fez elogios e disse que Lyoto Machida é um lutador perigoso, que sabe como agir no octógono para ser campeão, e revelou que o oponente sempre foi seu ‘radar’ nos médios. O americano revelou que está ansioso para enfrentar o brasileiro em maio, pelo UFC 173.

Ex-detentor do título dos meio-pesados, Lyoto pode conquistar seu segundo cinturão

Com a possibilidade de ser campeão em duas categorias diferentes do UFC, Lyoto Machida poderia se igualar aos norte-americanos BJ Penn, campeão dos pesos leves e meio-médios; e Randy Coutore, vencedor dos pesos meio-pesados e dos pesados.