Publicado em: sexta-feira, 02/05/2014

MMA: Ronda Rousey elogia brasileira e não descarta luta futura

MMA: Ronda Rousey elogia brasileira e não descarta luta futuraCampeã mundial dos pesos-galos feminino do The Ultimate Fighter Championship (UFC), a norte-americana Ronda Rousey fez elogios à brasileira Bethe Correia, que venceu outra atleta dos Estados Unidos, Jessamyn Duke, no UFC 172, no último sábado (26 de abril). Após o triunfo, a paraibana provocou a equipe Four Horsewomen, mostrando quatro dedos para a câmera, em alusão às quatro integrantes, e abaixou um, em menção à última rival.

Sobre a possibilidade de enfrentar Bethe Correia, Rousey crê que pode haver um combate interessante no futuro, embora tenha dito que sua compatriota, Shayna Baszler, deve ser a próxima adversária da brasileira. Admirada com a postura da provável rival, ela disse ao programa The Fighter & The Kid, que a atleta de Campina Grande-PB foi esperta pela atitude de auto-divulgação.

Antes de pensar em encarar Bethe, Rousey terá pela frente a canadense Alexis Davis, pelo UFC 175, no dia 5 de julho, em Las Vegas, nos Estados Unidos. A campeão mundial dos galos ainda aproveitou a situação para alfinetar a rival Miesha Tate, ressaltando que ao contrário de sua desafeta, a brasileira terá números para brigar pelo cinturão.

Combate de Bethe Correia contra Shayna Baszler ainda não está confirmada no UFC

Em sua carreira profissional no MMA, Bethe Correia está invicta, sendo que duas das vitórias foram conquistadas no UFC. Amiga de Ronda Rousey, Shayna Baszler pediu para encarar a atleta da Paraíba, mas o combate ainda não foi confirmado pelo presidente da organização, Dana White. No começo de maio, a americana desistiu de enfrentar a canadense Sarah Kaufman, por causa de uma lesão, pelo TUF Nations Finale.

Atualmente, Bethe está na décima colocação do ranking feminino do UFC, atrás das outras brasileiras Amanda Nunes e Jéssica Andrade. Por sua vez, Ronda Rousey é a detentora do cinturão e está em décimo lugar no ranking peso por peso.