Publicado em: sexta-feira, 23/01/2015

Minotauro se oferece para revanche com Cro Cop no UFC

Foi anunciado pelo UFC uma notícia que pegou os amantes de MMA de surpresa: o retorno do croata veterano no esporte, Mirko Filipovic, mais conhecido como Cro Cop, já com 40 anos. Ele pretende voltar ao plantel, mesmo com a idade já no limite dos lutadores. Com a notícia, já tem lutador querendo medir forças com o lutador lendário. Entre eles está o brasileiro Rodrigo Minotauro, que também viveu seu auge da carreira na mesma época em que Crop Cop vivia os melhores anos no esporte, época de competição do Pride. Minotaura informou que está muito interessado na possibilidade desse duelo, que quer muito trazer o rival para o Brasil e realizar a revanche de uma última luta deles em 2003.

Sobre o futuro, Minotauro comentou também em entrevista que está vivendo um momento de recuperação, depois de passar por uma cirurgia no joelho, que previa corrigir algums problemas ligamentares. De acordo com ele, a partir do mês de março já estará preparado para iniciar os preparativos para um combate, prevendo retornar ao octógono ainda no meio desse ano, de forma a competir as duas últimas lutas que tem intenção antes de se aposentar.Minotauro se oferece para revanche com Cro Cop no UFC

Sobre os rivais, Minotaura fala principalmente de Crop Cop, mas também mencionou Stefan Struve. Ele afirma que seriam lutas muito interessantes para realizar antes de se aposentar, especialmente porque o croata tem em seu histórico grandes resultados, mas também seria interessante fechar sua carreira com uma revanche do combate disputado no Pride. Minotaura ainda falou que reviu essa semana o combate com o croata em 2003, quando venceu Crop Co por finalização, competindo pelo cinturão interino dos pesos pesados.

Ele afirmou que esta era uma das lutas que ele considerava mais marcante em sua carreira, que foi também a primeira ocasião em que o MMA teve cobertura da televisão aberta, que muita gente teve chance de conhecer o esporte. Crop Cop foi demitido recentemente do UFC, depois de sofrer sucessivas derrotas para Frank Mir, Roy Nelson e também Brendan Schaub. Ele até afirmou que estaria aposentado, mas retornou e já conquistou 2012 com três vitórias e apenas uma derrota.