Publicado em: segunda-feira, 17/10/2011

Ministro dos Esportes pede que PGR investigue denúncias

Orlando Silva, ministro dos Esportes, protocolou, nesta segunda-feira (17), um pedido para que as denúncias publicadas pela revista Veja sejam investigadas pela Procuradoria Geral da República (PGR). A reportagem da revista aponta para a existência de um esquema de irregularidades que incluiria convênios entre pastas e ONGs, que teria desviado mais de R$ 40 milhões em oito anos.

No pedido feito pelo ministro, que foi enviado ao procurador-geral da República Roberto Gurgel, Orlando Silva garante que está disposto a dar todos os esclarecimentos necessários sobre as denúncias. O ministro afirmou que o requerimento é uma iniciativa para demonstrar que as supostas denúncias são “mentiras e calúnias” de um homem que atualmente é investigado pela Justiça. Neste final de semana, Orlando Silva já havia pedido para que a Polícia Federal investigasse o caso.

No domingo (16), o ministro se encontrou com Gleisi Hoffman, a ministra-chefe da Casa Civil, e com Gilberto Carvalho, o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República. A reunião foi na casa da própria Gleisi, e teve um tom de conversa amigável, apenas para que a ministra-chefe pudesse se inteirar das suspeitas acerca do ministro dos Esportes.

Segundo informações de assessores, o caráter da conversa foi de apoio ao ministro. A assessoria da Casa Civil garante que que o governo se coloca a favor de Orlando Silva e está satisfeito com a maneira como o ministro está lidando com o caso. Dentro do governo, Silva é muito elogiado pela agilidade e rapidez com a qual se pronunciou sobre o assunto.