Publicado em: sábado, 04/02/2012

Ministra do Planejamento deixa hospital em São Paulo

Nesta sexta-feira, dia 3 de fevereiro, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, deixou o hospital Sírio-Libanês, no centro de São Paulo, no qual estava internada desde a madrugada de quinta-feira. A ministra foi submetida a uma bateria de exames que estavam agendados para serem feitos apenas no final de fevereiro, mas foram antecipados depois que Miriam Belchior sofreu uma crise de hipertensão.

Em sua saída da instituição de saúde, a ministra disse que estava se sentindo bem e que foi apenas um susto. Ela afirmou que os resultados dos exames indicaram que ela está em boas condições de saúde. Miriam disse que irá seguir a risca todas as recomendações médicas, como praticar atividades físicas a fim de sempre estar saudável.

A ministra garantiu que irá arrumar um horário em sua ocupada agenda nem que seja para fazer uma caminhada. Miriam Belchior irá completar 54 anos neste domingo, e está 10 quilos mais magra do que há um ano. A ministra foi perguntada pelos jornalistas sobre como ela avalia a troca de ministros do governo Dilma que tenham envolvimento em atividades ilícitas.

A ministra disse que não há “nenhum veredicto de culpa de corrupção nas investigações em curso”. Miriam Belchior não comentou sobre a conversa que teve na quinta-feira com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois se encontraram no Hospital Sírio-Libanês, onde lula faz, diariamente, sessões de radioterapia como parte do tratamento contra o câncer na laringe. A ministra disse que foi comente cumprimentar o petista.