Publicado em: sexta-feira, 12/08/2011

Ministra diz que crise não irá afetar meta de investimentos do PAC

A crise econômica global que está para se instalar não vai alterar a meta de investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), afirmou nesta quinta-feira (11) a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Ela ainda disse que, em hipótese alguma, o governo planeja rever as decisões já tomadas.

Para a sua segunda etapa, o PAC irá movimentar R$ 995 bilhões até 2014. “Os investimentos são fundamentais, inclusive, para enfrentar essas turbulências”, explicou a ministra.

Miriam Belchior também informou que serão preservados todos os recursos destinados ao Programa Minha Casa, Minha Vida. Os reembolsos do programa este ano já alcançam mais de R$ 30 bilhões. Ela ainda garantiu que não haverá mudanças nos demais projetos.

Porém, a ministra estacou que essa atitude não significa que a economia brasileira esteja indiferente a situação que o resto do mundo vive. “Estamos preocupados, mas serenos para enfrentar essa situação como já o fizemos, em 2008”, disse, remetendo à crise financeira internacional provocada pela instabilidade dos títulos imobiliários norte-americanos. Miriam disse que o ministério ira observar como será a evolução do quatro internacional para pensar se serão adotadas outras medidas.