Publicado em: quarta-feira, 14/12/2011

Ministério da Saúde determina que alimentos tenham menor teor de sal

Nesta terça-feira, dia 13 de dezembro, o Ministério da Saúde e a indústria alimentícia assinaram um acordo que prevê que vários alimentos deverão diminuir o uso de sódio. Batata palha, batata frita, salgadinhos de milho e outros alimentos consumidos, geralmente, por crianças e jovens deverão chegar aos consumidores com menos teor de sal.

Este acordo é uma nova fase da parceria que começou em abril de 2011 para reduzir o sódio dos alimentos processados. Outros alimentos fazem parte desta lista, como bolos prontos, pão francês, maionese, misturas para bolas e biscoitos (tanto salgados como doces). Os produtos deverão apresentar um valor máximo de 100 gramas de sódio.

Os empresários já tinham se comprometido, em abril, a adotar esta medida para biscoitos, massas instantâneas e pão de forma. De acordo com Alexandre Padilha, ministro da Saúde, o objetivo é diminuir 1,6 mil t de sódio desses alimentos até o ano de 2016. O ministro afirma que é preciso fazer um esforço para que aconteça uma mudança alimentar nos jovens e crianças, além de acrescentar atividades físicas. Esta combinação previne diversas doenças como, até mesmo, o câncer.

Segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria Alimentícia (Abia), Edmundo Klotz, a indústria deverá buscar alternativas e substitutos para que a meta estipulada possa ser cumprida, e esta não está sendo uma tarefa simples. O acordo também foi assinado pela Associação Brasileira da Indústria de Panificação e Confeitaria (Abip), pela Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo) e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).